As minhas influências

Ao longo desta jornada na optimização das contas da casa, deparei-me com alguns obstáculos. Ninguém nasce ensinado e eu sempre quis evoluir e saber mais sobre como poupar e optimizar as minhas contas, para um futuro melhor. Para tal, deparei-me com um grupo de pessoas (que infelizmente nunca conheci, por serem autores internacionais), que se tornaram os meus autores de referência. Passo então a explicar…

A minha principal influência

São os meus pais, não posso mentir. Sempre me incutiram um espírito de poupança e de resiliência que me permitisse ir à procura das melhores oportunidades e não ficar à espera que o dinheiro aparecesse. Quando o dinheiro aparecesse, havia que saber geri-lo. A eles, tenho de agradecer toda a paciência, ajuda e sapiência. São eles a minha principal influência.

Livors que me influenciaram

The Millionaire Next Door: The Surprising Secrets of America’s Wealthy

Foi um livro que me ensinou o que é ser milionário. Ser milionário não é ser consumista e, segundo os estudos profundos do autor, o tradicional milionário Americano tem propriedades muito próprias, sendo uma das principais: a humildade.

Pai Rico Pai Pobre

Apesar das polémicas que envolveram o autor (tornou-se milionário a escrever como ser milionário), no livro explica lições valiosas acerca do dinheiro. Temos duas perspetivas sobre como um “pai” ensina um “filho” a viver a sua vida e a economizar – o pai rico e o pai pobre. Com lições poderosas sobre investimentos e gestão de capital financeiro, foi uma grande influência para mim.

Quem mexeu no meu queijo

Um livro que foi fundamental para as mudanças na minha vida. Não me farto de lembrar que há uma constante na vida: a mudança. É por isso que todos devemos estar preparados a lidar com ela quando ela chega. Este pequeno livro (lido em apenas duas horas), deve ser lido e relido e até discutido junto de familiares. É importantíssimo para o nosso futuro saber como e quando reagir à mudança.

Para já, estas são as minhas principais inspirações relativamente a livros…

Os blogs que me inspiram

Não tenho uma lista definida e geralmente leio tudo o que vem à “rede”. Apenas leio conteúdos ingleses relacionados com economia e poupanças, sem nenhum autor preferido ou site que visito diariamente. Recomendo que vejam o seguinte artigo:

As pessoas que me inspiram

São as pessoas humildes, as pessoas que ouvem os outros, as pessoas que ajudam… são todas essas pessoas com quem me cruzo todos os dias e posso trocar algumas impressões que me inspiram para ser a melhor pessoa possível e são uma grande motivação para eu iniciar este pequeno projeto.